A realidade existente focada na modernidade que, por um lado entrega equipamentos e recursos cada vez mais sofisticados, revolucionários e surpreendentes, por outro lado depende sobremaneira da capacidade humana de coordenação de uma série de fatores, para harmonizá-los e torná-los eficientes. Se lidar com máquinas ultramodernas exige habilidades técnicas refinadas e aprimoradas, coordenar o funcionamento delas e a ações e reações dos seres que além de as operarem, relacionam-se com e entre seus semelhantes, exige habilidades que vão muito além da capacitação técnica.

Ser profissional significa também saber se relacionar de forma ética, solidária e produtiva com os demais integrantes da equipe. As condições necessárias para atender a essas exigências são valiosas no mercado de trabalho. O assunto aqui abordado, coordenação, no âmbito da atuação profissional é considerada uma das mais importantes competências a ser desenvolvida pelo profissional do futuro. Respeitar as diferenças de opiniões, as crenças, hábitos e saberes que, geralmente são bem diversificados, e somado a isso articular as devidas funções e atividades do modo a convergirem para o objetivo comum, constitui um dos grandes desafios no mundo profissional, principalmente para quem deseja assumir a função de liderança e exercê-la com excelência.

Segundo os conceituados profissionais da área de Recursos Humanos – RH, algumas habilidades são imprescindíveis para quem deseja exercer a atividade de coordenação de uma equipe de trabalho. Apenas citando algumas: Organização, Multitarefa, Discrição e ética empresarial, Foco duplo, Confiança com os colaboradores, Imparcialidade, Dedicação para melhoria, contínua e Trabalho em equipe.

Considerando a tendência evolutiva do mercado profissional, além das necessárias habilidades técnicas, as comportamentais e relacionais voltadas para a empatia, a ética e a valorização do semelhante ganham destaque no conjunto das que são sugeridas pelas previsões futuristas. Com as transformações irreversíveis que fazem parte da vida no planeta em diferentes áreas, as exigências do mercado de trabalho também vão sendo ampliadas. Se há algumas décadas saber operar um computador era fator significante, atualmente isso apenas, não faz mais muito sentindo. Os equipamentos estão modernizados, suas funções são múltiplas, as exigências também. E, a grande mudança nesse contexto passa a ser: os seres humanos e a relação empática entre eles, a relação deles com os equipamentos para facilitar as atividades e, isso tudo de modo bem alinhado com o propósito da organização, mais as questões ambientais se tornou a “alma” de um negócio que se pretende promissor.

A coordenação no contexto atual das relações se tornou a chance de múltiplas aprendizagens e ao mesmo tempo o exercício delas, em prol da coletividade.

Designed by iconicbestiary / Freepik