“A necessidade é a mãe da inovação” – Platão

Inúmeras são as respostas que podem responder à questão. Ao olhar para a História, é possível perceber algumas transformações produzidas pela humanidade, mesmo sem pesquisar detidamente sobre o tema. Nas mais diversas áreas de atividade humana, a exemplo do que diz a frase de Platão, para satisfazer necessidades próprias e dos semelhantes, novas ideias, descobertas e invenções levam as pessoas a lançar mão de novos meios e recursos, em um processo de inovação constante. A inegável necessidade de melhorar as condições de vida, de trabalho, de comunicação, de saúde, de relações, dos aspectos que estão presentes na sociedade, serve de combustível para a inovação. Desde a utilização de pedras como ferramentas, até a descoberta de água em Marte e a produção de veículos autônomos, a capacidade de inovação do ser humano vem sendo evidenciada de forma cada vez mais surpreendente. Merece atenção, porém, o fato de que, nos séculos passados, se esperavam décadas entre uma grande descoberta e/ou invenção e outra, enquanto que atualmente, a cada instante, novidades revolucionárias em produtos e serviços são apresentadas ao mundo.

Como a manipulação do fogo e a invenção da roda impactam a vida das pessoas desde os tempos de atividades rústicas até os dias atuais? Apesar de, supostamente, essa descoberta e invenção datar de 1 milhão a.C. a 3.500 a.C., esses impactos ainda existem? Tomando esses exemplos como a capacidade da criatividade humana de utilizar a matéria e a energia – dois fatores essenciais do universo –, basta olhar ao redor para refletir sobre, e valorizar o poder, o valor e consequências da inovação. Ao mesmo tempo, é necessário estar atento à velocidade crescente em que as novidades vão surgindo, nas mais diversas áreas de atuação. Inventar, descobrir, e inovar são fatores que movem o espírito do ser humano. Com os benefícios e consequências daquilo que se cria, descobre e inventa, o mundo vai sendo ligeira e drasticamente transformado, para o mal ou para o bem, pela inovação. Esse processo que, num passado não tão distante era notado com espanto, nos dias atuais se tornou tão natural, que para muitos passa despercebido, todavia continua tendo seus impactos no mundo e na sociedade, tanto em benefícios, quanto em consequências.

Independentemente de a posição do leitor ser crítica ou defensora da modernidade e da inovação, uma coisa é certa, o ser humano de modo geral, busca incansavelmente meios de facilitar suas ações. Para satisfazer esses anseios, em um mundo a cada dia mais globalizado e conectado, surgem aos turbilhões ofertas de bens e serviços para atender aos mais variados gostos e desejos por modernidade e/ou facilidade. Essa realidade promissora em vários aspectos exige (sob o risco da autodestruição), de quem a produz e de quem utiliza ou consome, a complexa consciência holística, capaz de olhar não apenas a própria e imediata necessidade ou desejo, mas sim o contexto geral com suas consequências e sustentabilidade.

A evolução rápida e avassaladora da tecnologia da informação, a inteligência artificial, o crescimento populacional, o ritmo acelerado na produção de bens e serviços para de atender demandas cada dia maiores e complicadas, associadas à possibilidade de comunicação instantânea, o ritmo frenético de busca pelo sucesso, faz surgir empresas especialistas, com ofertas de solução para inúmeros problemas enfrentados pela sociedade. Esse cenário se tornou em um laboratório de startups e scale-ups. Essas instituições que oferecem soluções em forma de bens serviços estão disponíveis, geralmente a uma click de distância do leitor, em um mundo onde apenas as que utilizam estratégias viáveis e melhores, considerando o espaço de convivência um ambiente de compartilhamentos e não apenas de exploração é que sobrevivem. Essa realidade a alguns anos atrás era inimaginável. A distância geográfica se tornou relativa e o que parecia absurdo hoje é real.

Essas poucas linhas sobre um assunto tão complexo apenas introduz a ideia da importância que o tema inovação vem adquirindo na realidade global. Os seres independentemente de onde estejam e qual seja sua forma de pensar e suas condições de vida, de alguma forma são afetados pela inovação. Isso por si só é algo que merece reflexão, ainda mais quando se trata de conciliar recursos inovadores com consciência sustentável e autorresponsabilidade. Por algum ponto de vista a inovação não está relacionada somente a itens materiais e sofisticação tecnológica, mas sim uma forma diferenciada de ver e conceber as relações entre o ser humano com seus semelhantes, com a sociedade, o mundo, a natureza, as possibilidades que esse contexto oferece e, também consigo mesmo. A inovação tem valor vital para a sociedade e para ela não existe limite.

Designed by rawpixel.com / Freepik